Conheça os 7 benefícios da Educação Musical para seu filho

educação musical
6 minutos para ler

A música é uma das formas de arte que mais atrai as crianças, desde a mais tenra idade. Poucas são aquelas que não se balançam assim que ouvem algum tipo de melodia. Porém, o que pode passar despercebido é que a música vai muito além do que uma simples distração infantil.

O estímulo que ela proporciona às crianças é responsável por uma série de benefícios que podem perdurar até a vida adulta. Assim, é de extrema importância que os pais incentivem a musicalização entre os pequenos o mais cedo possível.

Além disso, a escola também tem um papel relevante nesse sentido, podendo oferecer uma base sobre o tema por meio da educação musical. Mas, afinal, quais são esses benefícios dessa disciplina para as crianças? Confira, abaixo!

1. Estimula a cognição

Muitos estudos feitos internacionalmente — como o realizado pela Universidade de Amsterdã — mostram que as crianças expostas à música desde a primeira infância têm ganhos positivos em relação às habilidades cognitivas. Elas envolvem raciocínio lógico, memória de longo prazo, pensamento crítico, além da capacidade de organização e planejamento.

Todas essas habilidades são de extrema importância para que a criança tenha bom desempenho nos estudos e, futuramente, na profissão escolhida.

2. Contribui para o desenvolvimento

Sabendo que os primeiros anos de vida são essenciais para o desenvolvimento do cérebro, a educação musical contribui nessa fase para que os pequenos tenham melhor estruturação do sistema nervoso. Com isso, aprendem de forma mais significativa.

Isso quer dizer que a música tem o poder de ativar redes neuronais no cérebro, fazendo com que a mente se desenvolva de forma mais ágil. Isso porque facilita a comunicação entre seus lados direito e esquerdo, desenvolvendo, então, o ato de pensar.

3. Melhora o desempenho escolar

Os efeitos positivos da música perduram não somente durante sua prática, contribuindo para que os jovens apliquem as habilidades cognitivas adquiridas em outras situações da vida. Isso faz com que seus desempenhos em português e matemática, por exemplo, sofram impactos positivos.

Em longo prazo, a criança exposta à música desde cedo tem maiores chances de avançar para as etapas superiores da educação. Outro fator importante referente ao desempenho escolar é que a educação musical pode ser trabalhada como atividade extracurricular com o intuito de motivar os alunos.

Ela pode ser usada como recompensa para que eles se empenhem nas outras disciplinas obrigatórias.

4. Impulsiona a criatividade

Embora a educação musical conte com instrumentos específicos para a sua prática, a música é capaz de gerar um impulso para a criatividade nas crianças. Basta ver quantas batucam e criam ritmos com outros objetos, mesmo que não sejam especificamente um instrumento musical.

Isso acontece porque a música é um recurso infinito, apresentando-se como universo a ser explorado pelos pequenos que, muitas vezes, não se contentam somente em seguir as melodias e letras já existentes. Assim, acabam por fazer suas próprias criações.

Esse comportamento molda o cérebro para encontrar soluções diante de dilemas comuns à vida adulta, formando um indivíduo mais dinâmico, adaptável e flexível. Essas três características são essenciais para o futuro do trabalho.

5. Amplia a capacidade linguística

O universo linguístico da música é vasto e permite acesso ao vocabulário de épocas e locais distintos. Isso acontece não somente em nossa língua portuguesa, mas também, acaba sendo estimulado por meio de aulas de inglês e outros idiomas, que incorporam a música para facilitar o aprendizado de crianças e jovens.

Muito mais do que ensinar a tocar um instrumento ou a cantar, a educação musical contribui para uma imersão na cultura envolvida por trás de um estilo, de uma banda ou obra específica. Dessa forma, desperta as habilidades de interpretação de texto e o enriquecimento linguístico.

6. Ajuda a desenvolver a expressividade

Um dos fatores que tornam a música tão cativante para as crianças é o movimento. Ao ouvir, cantar ou tocar uma canção, vários músculos do corpo são ativados, o que faz com que o aluno aprenda a se expressar das mais diversas formas.

Isso ocorre ao cantar, ao dançar e ao realizar movimentos singelos que determinam um padrão de comportamento e intenção. É por esse motivo que a música é uma das aliadas para crianças muito tímidas ou com bloqueios sociais.

7. Incentiva a colaboração mútua

A música é uma arte coletiva, em que é preciso olhar para além de si mesmo e permitir uma troca com o outro. Isso faz com que, desde cedo, o aluno aprenda a ceder lugar ao outro e a viver em harmonia com o próximo, sabendo que seus corpos ocupam o mesmo espaço e precisam estar em sintonia para que o fluxo da vida siga seu curso.

Na educação musical, a criança aprenderá a alinhar os sons produzidos por si mesmo com os outros colegas da banda, treinará sua resiliência e empatia, além de adquirir o espírito de equipe. Tudo isso, sem precisar incentivar a competição extrema, mostrando que a vida em sociedade pode ser agradável e harmônica. Isso gera empatia pelo próximo e gratidão pela contribuição do outro, contribuindo para a formação de seu caráter.

Como você pôde ver, a educação musical é essencial para estimular a criança e contribui para um melhor rendimento em diversas outras disciplinas da escola. Isso fará com que tenha mais facilidade ao aprender ao longo da vida.

Por esse motivo, é ideal prestar atenção a esse aspecto ao escolher uma escola para seu filho, entendendo como a musicalização é trabalhada em sala de aula e qual a visão do corpo docente em relação ao assunto. Nós, do Colégio Batista Brasileiro, temos a música como disciplina complementar para todas as idades.

Entendemos o papel da educação musical como instrumento para o desenvolvimento e a formação do aluno como ser social e apreciador do patrimônio cultural da humanidade. Ficou interessado em nos conhecer? Então, acesse o nosso site e saiba mais sobre o colégio!

Sharing is caring!

Você também pode gostar

Deixe um comentário