Enem 2020: saiba tudo sobre a prova e como ajudar seu filho na preparação

enem 2020
7 minutos para ler

O Enem 2020 é a principal porta de entrada para o ensino superior nas universidades brasileiras em 2021, e um dos concursos mais esperados por milhões de estudantes do país. A pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe como consequência o adiamento das provas, que serão aplicadas, com as mudanças, nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

Outra novidade é a criação do Enem Digital, versão online da prova, que será aplicada pela primeira vez nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Essa nova modalidade tem algumas características próprias, sobre as quais falaremos mais adiante.

Antes, vamos explicar um pouco melhor sobre como vai funcionar o Enem 2020, bem como a aplicação das provas, além de falar especificamente com você, que tem filhos que vão prestar esse exame tão disputado, e quer saber como ajudá-los a ter mais foco nos estudos. Vejamos tudo isso, a seguir!

Como funcionará o Enem 2020?

Uma das maiores preocupações de pais e alunos a respeito da aplicação do Enem 2020 é a respeito das medidas de segurança durante o exame. Entretanto, não há com o que se preocupar em relação a isso, uma vez que todas as precauções serão tomadas para garantir a integridade dos alunos durante o teste.

Exemplo disso é que no edital do exame está previsto que participantes diagnosticados com doenças infectocontagiosas até um dia antes da prova poderão solicitar a reaplicação da prova, inclusive para pessoas com a COVID-19. Assim, não há riscos de perder o teste, ou mesmo, de que os participantes entrem em contato com pessoas infectadas.

Além disso, o Inep publicou, ainda em julho, os protocolos de aplicação do Enem 2020, que levam em consideração toda a situação da pandemia. Assim, o uso de máscaras de proteção será obrigatório durante toda a aplicação da prova, bem como a correta higienização de todo o local, garantindo a maior segurança para quem está realizando o exame.

Quando serão aplicadas as provas?

Com a pandemia, a realização do Enem 2020, prevista para novembro. teve sua data adiada. Entretanto, o formato do exame permanecerá o mesmo, com o modelo tradicional de 90 questões, distribuídas em dois dias diferentes.

A estimativa é de que 5,7 milhões de pessoas façam a prova do Enem Impresso em 2021, nos dias 17 e 24 de janeiro. Outros 96 mil inscritos no Enem Digital farão as provas nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

No primeiro dia, o aluno deverá realizar a prova de Redação, além das 45 questões de Linguagens e Códigos e das 45 questões de Ciências Humanas. Já no segundo dia, é a vez de fazer a prova de Ciências da Natureza, que conta também com 45 questões, e, por fim, a prova de Matemática, com as 45 questões restantes, fechando o total de 180 questões do Enem 2020.

O que é o Enem Digital?

Basicamente, ele faz parte de uma série de medidas que visam a reduzir os custos para a aplicação do exame, além de tornar o Enem mais moderno e tecnológico. Assim, no momento da inscrição para o Enem 2020, os alunos tiveram a chance de escolher entre realizar as provas impressas ou a versão digital, pelo computador.

Para essa segunda opção, foram abertas 100 mil vagas. É bom lembrar que somente os estudantes que estão concursando ou já terminaram o terceiro ano do Ensino Médio e não necessitam de atendimento especial poderão fazer o Enem Digital. Ele será realizado em todos os estados do Brasil, incluindo o Distrito Federal.

O Inep será responsável por contratar uma empresa para a aplicação da prova, cujo nome será divulgado em breve. Já os locais para a realização do exame serão determinados pelo órgão, como nos outros anos, devendo contar com a estrutura adequada para receber os computadores onde serão respondidas as questões, entre outras solicitações.

Importante lembrar que, durante a prova, os participantes terão acesso apenas ao sistema Enem 2020, não podendo acessar a internet ou qualquer outro documento.

Como ajudar os filhos na preparação para o exame?

Agora que você entendeu as mudanças ocorridas no Enem 2020, o que é o Enem Digital e quando serão aplicadas as provas, fica a pergunta: “como eu posso contribuir para os estudos do meu filho para que ele se prepare para o exame?”.

O mais importante você já está fazendo, ou seja, está interessado em entender mais como funciona essa prova, que é tão importante para o futuro dos estudantes. Porém, para auxiliar ainda mais, elencamos algumas dicas que podem ser úteis nesse processo, unindo ainda mais você e seus filhos nessa caminhada recompensadora.

Crie uma rotina de estudos

Em primeiro lugar, crie, em conjunto com o seu filho, uma rotina de estudos para o Enem 2020. Analise quantas horas ele tem livre por dia, quantas matérias precisa estudar, quais são as maiores necessidades, entre outras questões.

É importante que esse processo seja feito pelo estudante, pois assim ele se sentirá mais responsável pela sua própria jornada, mas que também saiba que tem o apoio dos pais.

Mostre-se disposto a ajudar

Outra questão importante é mostrar disposição para ajudar com esses estudos. Nem sempre os pais têm o conhecimento necessário para muitos desses conteúdos, pois já cursaram seu Ensino Médio há algum tempo, mas sempre é possível se mostrar interessado no desempenho escolar dos jovens.

Assim, o mais importante é dizer ao seu filho que ele pode contar com você, que você está disposto a ajudar no que for necessário. Isso dará a ele mais protagonismo e segurança para seguir estudando e atingir o seu melhor resultado.

Evite cobranças em excesso

É muito importante orientar seu filho para o melhor caminho durante o estudo para o Enem 2020, mas isso não significa que cobranças em excesso sejam positivas. Afinal, essa já é uma fase bastante estressante e de grandes expectativas para o futuro, fazendo com que ele mesmo já se cobre diariamente.

Portanto, o apoio emocional é extremamente importante nesse momento. Assim, em vez de colocar nele ainda mais pressão, posicione-se como alguém que está ali para ajudá-lo e que entende que ele tem um processo próprio e que precisa ser respeitado. Com isso, é provável que ele mesmo entenda suas responsabilidades e dê o seu melhor durante os estudos.

Incentive momentos de descanso

Essa última dica é muito importante, pois diz muito sobre o apoio emocional que você está dando para seu filho, além de pensar na saúde mental dele. Por isso, em meio à rotina de estudos, incentive momentos de lazer e de descanso, principalmente em família.

É o momento de sentar todos juntos, de fazer uma oração ou de assistir um filme agradável. Isso vai aliviar toda essa pressão que ele está sentindo, além de acalmar a mente e o espírito para seguir estudando para o Enem 2020.

Temos certeza de que todas essas dicas, se seguidas, ajudarão muito você e seu filho a passar por esse processo, que é a caminhada até o Enem 2020. O apoio emocional dos pais nessa fase é extremamente importante, e vai fazer toda a diferença no resultado final.

Se você gostou deste artigo sobre a preparação para o exame e quer continuar recebendo nossos conteúdos, assine a nossa newsletter!

Sharing is caring!

Você também pode gostar

Deixe um comentário