O que você precisa saber sobre o ENEM 2021/2022?

ENEM
9 minutos para ler

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi desenvolvido com o intuito de conceder notas para os candidatos e, dessa forma, oferecer oportunidade para que os participantes possam utilizar o resultado obtido para assegurar uma vaga na faculdade, dando início à sua carreira profissional.

Com a pandemia, ocorreram algumas especificidades em relação à edição de 2020, então, para evitar confusões, elaboramos este conteúdo para esclarecer as principais dúvidas sobre o ENEM 2021 e ajudá-lo a se preparar para esse processo. Confira!

Qual a importância da prova do ENEM?

Trata-se de um recurso usado pelo Ministério da Educação (MEC) para avaliar o conhecimento que os estudantes adquiriram no decorrer de toda a educação básica, com foco no Ensino Médio. Também é visto como uma chance do participante entrar em uma Instituição de Ensino Superior, usando programas de ingresso do Governo Federal, como ProUni, SiSu e Fies, dependendo da classificação.

Todos os anos as faculdades disponibilizam uma quantidade de vagas, que serão preenchidas conforme as notas alcançadas pelos candidatos. Algumas instituições de ensino não oferecem vagas nos programas, mas usam a nota do ENEM para selecionar os alunos.

Período de inscrição

Quem pretende participar do ENEM deve realizar a inscrição dentro do prazo definido e pagar uma taxa no valor de R$ 85,00. Contudo, os candidatos podem solicitar isenção de taxa, caso se enquadrem nos requisitos, por meio do site do Inep. O cronograma ficou da seguinte forma:

  • 17/05/21 a 18/05/21: solicitação de isenção;
  • 30/06/21 a 14/07/21: inscrição e requerimento de atendimento especial para portadores de deficiência e de uso do nome social;
  • 19/07/21: prazo final para pagamento da taxa de inscrição;
  • 02/08/21 a 06/08/21: pedido de recursos do tratamento pelo nome social;
  • 11/08/21: resultado recurso do tratamento pelo nome social;
  • 21/11/21 e 28/11/21: realização das provas impressas e digitais;
  • 01/12/21 (previsão): divulgação do gabarito oficial;
  • ainda sem data: divulgação do resultado.

Como é a prova do ENEM?

O Inep prepara cinco tipos de provas, que são divididas por cores (azul, rosa, amarelo, branco e cinza). As questões são as mesmas em todos os cadernos, sendo alterada somente a ordem. O participante recebe do fiscal da prova o seu caderno de questões e o gabarito com o seu nome impresso. É necessário conferir todos os dados antes da assinatura.

A atual prova do ENEM é composta por 180 questões, que são divididas entre dois domingos consecutivos de aplicação.

Duração da prova

O primeiro dia do exame dura 5 horas e 30 minutos, onde são cobradas as disciplinas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias, enquanto o segundo dia tem duração de 5 horas, sendo aplicadas as matérias de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

É preciso ressaltar que a prova de Redação é uma das partes mais relevantes da prova do ENEM e influencia bastante na nota final do candidato. Trata-se de um texto de até 30 linhas escritas à mão relacionado a um tema proposto, que normalmente abrange assuntos políticos, culturais, científicos ou de ordem social.

Por este motivo, é importante se manter atualizado a respeito das últimas notícias para não ser pego de surpresa.

Prova digital

Uma novidade criada no ENEM 2020 e que vai permanecer no exame de 2021 é a prova digital, aplicada no mesmo dia da prova impressa. É preciso deixar claro que isso não quer dizer que o candidato vá realizar a prova de sua casa, já que o exame não pode ser feito em computadores de uso pessoal.

Sendo assim, a prova é aplicada em locais autorizados pelo Inep e a redação continuará sendo aplicada no modelo impresso. Como forma de promover maior acessibilidade ao ENEM 2021, pessoas com deficiência (PCDs), poderão solicitar atendimento personalizado.

Como se preparar?

O isolamento social imposto pelos governos como forma de tentar controlar a pandemia provocada pela Covid-19, levou ao fechamento por um longo período de escolas e cursinhos. No entanto, é possível aproveitar dos meios digitais para manter os estudos, bem como adotar boas estratégias para se preparar e tirar boa nota na prova.

Organize a rotina

É importante adaptar as atividades do dia a dia para aproveitar ao máximo o tempo disponível para estudo. Por este motivo, observe sua rotina e tenha em mente que melhor do que passar várias horas estudando é investir na qualidade do tempo que o candidato passa nas disciplinas da prova.

Faça um cronograma

Depois de entender melhor a rotina, é necessário elaborar um cronograma de estudo com todas as matérias, das mais difíceis às mais fáceis. Além disso, separe um tempo para treinar redações.

Uma dica é dividir por períodos intercalados das disciplinas que caem no exame, assim, não fica tão apertado. Faça isso até finalizar os conteúdos que mais caem no ENEM.

Estabeleça metas

As metas são fundamentais para compreender onde se quer chegar e o que deve ser feito para alcançar os resultados pretendidos. Reflita onde deseja estar daqui a 10 anos, por exemplo, quais funções espera cumprir e demais.

Após, pesquise sobre a profissão, área de atuação, remuneração, mercado de trabalho, entre outros aspectos significativos e que vão ajudá-lo a decidir qual curso de graduação vai fazer. Outro ponto importante é verificar a nota de corte, a fim de estipular metas realistas.

Resolva questões e simulados

Uma estratégia que gera excelentes resultados é resolver bastante questões de provas anteriores. Isso ocorre pelo fato de que o ENEM tem muitas particularidades e familiarizar com a forma de aplicação e perguntas realizadas é indispensável para que o estudante não tenha uma surpresa desagradável no momento de fazer o exame.

Outra dica de muita serventia é fazer os simulados. Nesse momento, também é importante cronometrar o tempo gasto para ter certeza e tranquilidade que no dia vai conseguir responder a prova toda.

Dê atenção às matérias consideradas mais difíceis

É muito comum que os estudantes deem prioridade para as disciplinas que mais gostam, deixando aquelas consideradas menos interessantes ou com maior grau de dificuldade para depois. Então saiba que esse é um erro que deve ser evitado.

Quando uma pessoa apresenta mais afinidade por um determinado assunto, geralmente significa que o seu desempenho nela é melhor. Por isso, é preciso focar mais nos temas vistos como mais difíceis. Afinal, serão eles que vão fazer a diferença na nota final. Uma alternativa é mesclar entre disciplinas mais fáceis e difíceis para que o dia de estudo não fique chato e cansativo.

Treine muito a redação

Como já foi dito, a redação gera um impacto significativo no resultado final do exame. Então, além de entender bem as competências e o modelo de escrita que o ENEM exige, é preciso praticar bastante. Quanto mais redações fizer, melhor será o desempenho no dia da prova. Também é preciso cronometrar o tempo gasto para a sua execução.

Conte com o auxílio da tecnologia

O avanço da tecnologia tem oferecido diversas ferramentas incríveis para auxiliar no processo de aprendizagem, como videoaulas, e-books, infográficos, canais do YouTube, páginas de dicas e preparação para ENEM e vestibulares nas redes sociais e demais.

Então, por que não contar com elas, não é mesmo? Ou seja, é possível encontrar matéria de qualidade sobre as provas, simulados e propostas de temas para redação, tanto de forma paga quanto gratuita.

Procure várias fontes de aprendizado

É preciso ressaltar que estudar vai muito além de ler teorias e assistir às aulas. Diversas práticas promovem o aprendizado, então busque outros meios para ampliar seu conhecimento e se manter atualizado.

Para fazer isso de uma maneira mais divertida e dinâmica, é possível assistir séries e filmes que falem a respeito de um assunto específico, ou fazer a leitura de livros complementares. Também é possível escolher um hobby e arrumar uma forma de inseri-lo nos estudos.

Não faça comparações com as outras pessoas

Fazer comparações com outras pessoas pode prejudicar muito a preparação para o ENEM 2021. Tenha em mente que nem sempre os participantes demonstram seus medos e inseguranças, sendo mais comum exibir as conquistas.

Por este motivo, nada de se comparar. Nesse caso, é indispensável focar na própria trajetória, comemorar cada passo dado e se manter fiel aos objetivos e metas definidos.

Cuide da saúde

Para estar sempre disposto a ir atrás das perspectivas, é preciso manter a saúde física e mental em dia, principalmente para conseguir suportar essa jornada de estudos, que não é nada fácil.

Sendo assim, é importante ter boas noites de sono, se alimentar bem, beber água e separar um tempo para praticar atividades físicas. Um dia pode ser reservado para praticar hobbies ou tomar um ar, isso vai fazer com que o candidato possa se sentir renovado e mais animado para estudar.

Agora que você entende os principais pontos sobre o ENEM 2021, além de colocar as dicas apresentadas em prática, é preciso contar com uma boa instituição de ensino para ajudar nesse processo de preparação. O Colégio Batista Brasileiro tem como preceito educativo as convicções e valores cristãos, em prol de uma educação integrada que desenvolva seus alunos em seus aspectos físicos, cognitivos, afetivos e espirituais.

Além disso, promove nos educandos, por intermédio de ação pedagógica, um pensamento crítico que permite que se insiram com maior facilidade no processo de desenvolvimento da sociedade.

Gostou deste artigo sobre o ENEM? Quer conhecer melhor sobre as metodologias utilizadas pelo Colégio Batista Brasileiro e a qualificação do seu corpo docente? Então entre em contato agora mesmo!

Sharing is caring!

Você também pode gostar

Deixe um comentário