6 dicas de como envolver os filhos nas tarefas domésticas

tarefas domésticas
6 minutos para ler

Geralmente, enquanto os filhos são pequenos, ficam por conta de realizar as atividades escolares e brincar. No entanto, é importante e possível que eles sejam inseridos nas tarefas domésticas desde cedo.

Dessa forma, usufruem de vários benefícios, como ter um melhor desenvolvimento, ganhar autonomia, ser mais responsável, empático, participar de novas descobertas e habilidades, entre outros. Ou seja, são diversas experiências adquiridas que serão essenciais no futuro.

Para ajudar nesse processo, separamos 6 dicas práticas para mostrar como estimular adolescentes e crianças em casa a realizar as tarefas domésticas da melhor forma. Acompanhe!

Como estimular crianças e adolescentes a participar das tarefas de casa?

Confira as nossas dicas e veja quais delas são adequadas à sua rotina.

1. Estimule a realização das tarefas domésticas desde cedo

Para incentivar seu filho a contribuir com as tarefas da casa, é importante assegurar que essa seja uma ótima chance de colaborar para o seu desenvolvimento e educação, em vez de deixá-lo chateado ou estressado com as novas obrigações. Para isso, você pode:

  • ter certeza de que a criança não vai manipular objetos pesados, que possam se quebrar e causar acidentes;
  • inserir os afazeres domésticos na vida deles, solicitando auxílio para fazer determinadas coisas;
  • estar sempre atento enquanto os filhos estiverem executando algo mais difícil.

2. Estabeleça uma rotina

Mantenha uma rotina vai garantir que tudo saia como esperado. Por esse motivo, defina horário para o cumprimento das atividades e, também, para os momentos de lazer e das tarefas escolares, evitando que as crianças e adolescentes se sintam sobrecarregados.

Para ajudar nesse processo, é possível criar listas ou cartazes com a rotina de todos os dias da semana. Após, pendure em algum local que seja de fácil visualização. Provavelmente, isso vai promover a segurança dos seus filhos e, após alguns dias, eles mesmos vão se acostumar com suas funções e tirar tudo de letra.

3. Defina as atividades de acordo com a idade da criança ou adolescente

Ao estabelecer as tarefas domésticas a serem feitas pelas crianças ou adolescentes, é fundamental respeitar a idade e capacidade de cada um. Veja a seguir, alguns exemplos das obrigações que podem ser definidas para seus filhos em casa.

2 a 3 anos

  • colocar a roupa suja no cesto após o banho;
  • guardar os brinquedos e os livros no local adequado;
  • auxiliar na limpeza das superfícies mais baixas.

4 a 5 anos

  • molhar as plantas;
  • arrumar a cama;
  • ajudar no preparo do lanche;
  • colocar ração para os bichinhos de estimação.

6 a 7 anos

  • colaborar varrendo o chão;
  • dobrar as toalhas e roupas do varal;
  • recolher o lixo da residência.

8 a 9 anos

  • tirar o pó dos móveis da casa;
  • estender a roupa no varal;
  • dobrar a roupa seca;
  • colocar os pratos e talheres na mesa e retirar depois das refeições;
  • guardar as compras feitas no mercado.

10 a 11 anos

  • passar aspirador de pó nos tapetes;
  • ficar encarregado pela arrumação do quarto;
  • levar os bichinhos de estimação para passear.

12 anos em diante

  • ajudar a passar as roupas;
  • lavar as vasilhas e limpar a cozinha;
  • contribuir no preparo das refeições da família, entre outras que entender serem mais apropriadas.

Todas essas são dicas de tarefas domésticas que podem ser realizadas pelos seus filhos, conforme a rotina e a faixa etária. Elas vão contribuir de maneira fundamental para que eles sejam mais independentes, responsáveis e prestativos.

4. Elogie o comprometimento e o desempenho dos filhos

Para manter a motivação dos seus filhos, faça elogios e mostre como as tarefas domésticas que eles realizaram fazem toda a diferença para a rotina da casa. Com certeza, eles vão se sentir melhor e mais encorajados.

Afinal, manter um reforço positivo após o cumprimento de uma obrigação importante faz parte de uma estratégia acertada. Você também pode recompensá-los por meio de um beijo, realizando atividades em família, levando para comer um lanche que eles gostam, entre outros.

É necessário ressaltar que, conforme os filhos vão crescendo, começam a entender melhor os seus papéis em casa e podem contribuir cada dia mais.

5. Não seja tão rígido

Tenha em mente que as crianças têm suas limitações. Por isso, é normal que as coisas não fiquem perfeitas, que itens possam cair de suas mãos, que líquidos possam ser derramados no chão, entre outros. Está tudo bem! Com o decorrer dos dias, a execução das tarefas vai se tornar cada vez mais bem-feita.

6. Tenha paciência

Esse processo de inserção das crianças e adolescentes nas obrigações domésticas exige paciência, já que cada um tem o seu tempo de aprendizagem. Então, erros podem acontecer no início e devem ser tratados como algo comum, mas que vai melhorar gradativamente.

Quais são as principais vantagens?

Diversas vantagens podem ser usufruídas pelos pais e filhos durante essa inserção nas tarefas domésticas. Conheça as principais!

Promove o trabalho em equipe

Envolver os filhos nas obrigações domésticas faz com que eles percebam que são parte essencial de uma boa rotina da residência e da família, promovendo o trabalho em equipe. Isso porque fazer atividades em grupo ajuda no desenvolvimento de relações sólidas no futuro.

Cria a noção de organização e planejamento

Quando uma rotina de tarefas domésticas é estabelecida, possibilita que os filhos decidam como realizá-la considerando suas limitações, o que vai estimular o senso de planejamento e organização.

Colabora para a construção do senso de responsabilidade

Determinar uma tarefa específica para os filhos cumprirem contribui para que eles entendam a importância de ser responsáveis com suas funções. No decorrer do tempo, as crianças e adolescentes serão capazes de enxergar os benefícios desse processo e as consequências de não cumprir com o que foi repassado a eles.

Trabalha a independência

Estimular a independência dos filhos na realização de suas obrigações domésticas no dia a dia é primordial para que eles cresçam com autoconfiança e autonomia. Acontece que auxiliar os pais em casa gera uma sensação de dever cumprido, que pode ser muito importante para o desenvolvimento das crianças e adolescentes.

Agora que você entende a importância de envolver seus filhos nas atividades domésticas e como executar esse processo da maneira mais correta, não deixe de aplicar isso em casa. É um ato benéfico para toda família.

Achou este conteúdo interessante? Então, aproveite para seguir nossas redes sociais e ficar por dentro de todas as informações. Estamos no Facebook e no Instagram!

Sharing is caring!

Você também pode gostar

Deixe um comentário