Tipos de inteligência: qual é a importância de incentivar cada um deles?

6 minutos para ler

A educação vem mudando e, com essas mudanças, veio o conceito de tipos de inteligência. Hoje sabemos que não são apenas testes simples que são capazes de mensurar a inteligência.

Por anos, os pequenos se sentiram frustrados por terem dificuldades de entendimento com o ensino tradicional, não alcançando o seu real potencial e direcionamento na vida.

Contudo, isso vem mudando e já sabemos que não há apenas um tipo de inteligência, mas vários, sendo que existem formas específicas de estimular cada uma. Entenda mais a seguir!

Qual o conceito de inteligência?

Por muito tempo, o conceito de inteligência era baseado na capacidade que uma pessoa tinha de resolver determinados problemas. No entanto, em 1983, um psicólogo chamado Howard Gardner apresentou sua teoria das inteligências múltiplas.

Segundo o estudioso, tais testes eram voltados apenas para um tipo de inteligência, e que haveriam várias outras, sendo que os pequenos que tinham dificuldades nessa poderiam se destacar em outras modalidades.

São formas diferentes em que o aluno interage com o conhecimento que lhe é apresentado e lida com o aprendizado, exigindo dos educadores diferentes formas de propor o conteúdo.

Essas inteligências múltiplas estão ligadas ao uso de números, palavras, sons e imagens, sendo que até mesmo a propensão para a interação social é considerada um tipo de inteligência.

A compreensão desses tipos de inteligência é fundamental para os educadores, uma vez que eles devem ajustar o seu estilo de ensino como forma de abranger a forma de aprendizado de cada um dentro da sala de aula.

Além disso, conhecer que tipo de inteligência um determinado aluno tem permite até mesmo a sugestão de certas carreiras, que sejam mais adequadas à sua maneira de ver o mundo.

Podemos dizer que o mais importante aqui é a personalização do ensino, oferecendo ferramentas e mecanismos que permitam aos alunos extrair o máximo do conteúdo repassado em sala de aula.

Quais são os tipos de inteligência?

São vários os tipos de inteligência propostos por Gardner. Vamos listar de forma rápida cada uma delas.

Inteligência lógico-matemática

Esse foi, por muito tempo, o ponto utilizado como referência para determinar se uma pessoa poderia ser considerada inteligente ou não. Ou seja, todos aqueles que tinham facilidade para resolver equações eram considerados acima da média.

O teste de QI é baseado na resolução de problemas de lógica. Dessa forma, as pessoas que têm esse tipo de inteligência levam vantagem em relação às outras, o que não é justo.

As pessoas que são munidas com essa inteligência têm facilidade com matemática e lógica, então seu forte é a resolução de problemas.

Inteligência linguística

Pessoas que têm inteligência linguística são ótimas em comunicação, escrita e expressão, tendo facilidade de dominar diferentes idiomas e suas gramáticas.

É algo claro desde a menor infância, uma vez que o pequeno tem facilidade para se comunicar, expressar suas emoções e falar sobre as coisas que a cercam. Seu ponto forte é a oratória e a escrita.

Inteligência espacial

A inteligência espacial está ligada às artes, percepção do espaço ao seu redor, posicionamento e tamanho de objetos e sua movimentação. Pessoas munidas dessa inteligência têm facilidade em criar imagens mentais de situações.

O ponto forte dessas pessoas é a fácil visualização de todo o ambiente ao seu redor.

Inteligência musical

Entende-se que a capacidade de identificar sons, instrumentos, perceber ritmos, produzir canções e outras atividades ligadas com a música fazem parte da inteligência musical.

Esse é um tipo de inteligência que deve ser treinada e aprimorada, para que fique cada vez melhor ao passar do tempo. O ponto forte dessas pessoas é a percepção de ritmos e melodias.

Inteligência corporal e sinestésica

Muito renegada, a inteligência corporal é vista, em geral, em pessoas que têm facilidade em esportes, uma vez que está ligada com a capacidade motora de se movimentar, dançar, controlar músculos e sinais vitais.

O controle motor é o ponto forte das pessoas que têm esse tipo de inteligência.

Inteligência interpessoal

A capacidade de interagir com os outros, interpretar emoções, se expressar, conversar e interagir é chamada de inteligência interpessoal, auxiliando no desenvolvimento da empatia pelas demais pessoas.

O ponto forte de alguém que tem esse tipo de inteligência é a capacidade de entender sentimentos, alegrias e dores das pessoas que estão ao seu redor.

Inteligência naturalista

Por fim, não fazendo parte do estudo inicial, mas inserida depois, temos a inteligência naturalista, que permite visualizar e discernir de forma efetiva determinados elementos da natureza.

É a capacidade de reconhecer riscos ou oportunidades na natureza de uma forma geral e está ligada à evolução do homem, do saber o que poderia ser consumido como alimento ou não, por exemplo. O ponto forte dessa inteligência é ter uma grande ligação com a natureza.

Qual o benefício de entender qual o seu tipo de inteligência?

É fundamental ao aluno entender qual o seu tipo de inteligência, para que seja possível desenvolvê-la da melhor forma e compreender em quais atividades ele será melhor sucedido.

Cada aluno é um indivíduo único e, por conta disso, conta com habilidades próprias e preferências diversas. A compreensão do tipo de inteligência permite desenvolver da melhor forma essas habilidades.

É preciso entender que, nem sempre, o modelo comum de provas existente hoje será capaz de mensurar de forma correta a inteligência de um aluno.

Qual o papel da escola no incentivo aos tipos de inteligência?

A escola tem um papel central no desenvolvimento dos alunos, buscando sempre a inclusão e a descoberta, fazendo com que cada indivíduo tenha uma visão clara do seu tipo de inteligência e escopo de habilidades.

É papel da escola demonstrar que o tipo de inteligência apresentada pelo aluno não é apenas aceita, mas que é valorizada e, independentemente dele ter ou não um bom desempenho acadêmico em determinadas áreas, existe um lugar para ele.

Seguir carreiras que estejam de acordo com a inteligência demonstrada pelo aluno traz uma chance muito maior de sucesso e satisfação pessoal, e faz parte da escola demonstrar isso aos seus alunos, por meio de um ambiente inclusivo e que valorize os vários tipos de inteligência.

Curta a página do Colégio Batista Brasileiro no Facebook e fique por dentro de nossas atividades!

Sharing is caring!

Você também pode gostar

Deixe um comentário